Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Postagem em destaque

Transexual e musicista Raine Holtz fala sobre seu projeto musical Through Waves

Imagem
O nome dela é Raine Holtz, e o projeto musical se chama Through Waves Ela é transexual, musicista independente e faz um trabalho fantástico produzindo seus próprios álbuns. Seu palco principal? As ruas de Curitiba. Hoje, Dia da Visibilidade Trans, Raine Holtz está está lançando um projeto de financiamento de seu novo álbum. Assista o vídeo que ela preparou sobre o projeto e saiba mais: https://www.youtube.com/watch?v=X_8U3-Eus7M **PROJETO DE FINANCIAMENTO COLETIVO** · álbum: "Confluence: The Rivers of Sorrow" Produção da edição limitada em CD + livro do álbum, em 50 cópias assinadas e enumeradas à mão (ou produção das mesmas sob demanda de quem escolher contribuir). Álbum composto, gravado, produzido e lançado de forma COMPLETAMENTE INDEPENDENTE! Proposta de financiamento coletivo para incluir vocês na etapa final e mais significativa de sua produção. Sem "middle man", gravadoras gananciosas, dinheiro alto ou "massificação" de a

A neurose cristã sobre a masturbação

Imagem
A neurose cristã sobre a masturbação Por Sergio Viula Todo domingo (dia do Senhor ^^), a Coluna do Viula traz algum tema com viés no campo da sexualidade, geralmente na sexodiversidade, mas enfocando alguma questão religiosa. No artigo de hoje, quero discorrer sobre a masturbação, a popularmente chamada punheta. Sei que punheta reporta logo ao estímulo do pênis, mas não deixarei de falar sobre a masturbação feminina – a famosa siririca. Há, porém, distinções a serem feitas aqui que vão além da glande e do clitóris. Vejam bem, a Igreja Católica Romana (ICAR) condena a masturbação veementemente. É ensino oficial da ICAR em seu catecismo. A publicação pode ser encontrada em  página oficial do Vaticano . Cito o trecho: 2352. Por masturbação entende-se a excitação voluntária dos órgão genitais, para daí retirar um prazer venéreo. «Na linha duma tradição constante, tanto o Magistério da Igreja como o sentido moral dos fiéis têm afirmado sem hesitação que a mastur

Caio Fernando Abreu: O Essencial

Imagem
Sergio Viula na cafeteria do Centro Cultura da Justiça Federal, logo depois de comprar os três volumes Escrevo esse post no dia 15 de janeiro de 2015, às duas horas da madrugada. Acabei de ler o terceiro livro da série de coletâneas de contos, poemas, crônicas, cartas e depoimentos de Caio Fernando Abreu, lançados no final do ano de 2014: O essencial da década de 1970, 1980, 1990 (três volumes, um para cada década). A editora é a Nova Fronteira, velha aliada de Caio, enquanto vivo e agora depois de desvivido .  Tropecei nos três livros por acaso – repousavam ladeados numa prateleira destacada, logo na entrada da belíssima Livraria Cultura da Av. Senador Dantas, Centro do Rio de Janeiro. Meus olhos foram hipnotizados por Caio automaticamente. Cheguei a falar sozinho: não acredito no que vejo, isso aqui é precioso demais! Um vendedor olhou sorrindo para mim e eu continuei: Gente, Caio Fernando Abreu em três volumes, três décadas de trabalho, não acredito? Que bom q

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈