Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Postagem em destaque

Mãe de Paulo Gustavo faz 74 anos e fala com Ana Maria Braga

Imagem
17 de setembro de 2021 Por Sergio Viula Interrompendo aqui a nossa série sobre religião e diversidade sexual, gostaria de incentivar você a assistir essa entrevista maravilhosa feita por Ana Maria Braga com Dona Déa Lúcia, a mãe do querido Paulo Gustavo, falecido há quatro meses. Hoje, é aniversário dela - 74 anos - e Dona Déa deu um show de amor e de sabedoria durante toda a entrevista. Você vai se emocionar, aprender, crescer e se tornar melhor como ser humano se aplicar o que ela falou aqui sobre uma das coisas mais importantes para o indivíduo - a família, especialmente quando se trata de filho ou filha LGBT+. Não deixe de ver. É logo no começo do programa. Depois que a Ana Maria faz a abertura com suas mensagens típicas de encorajamento, ela já passa para a abertura da entrevista com cenas de Paulo Gustavo trabalhando como Dona Hermínia. Imperdível! Assista aqui:  https://globoplay.globo.com/v/9867337/programa/?s=0s Parabéns pelo seu aniversário e pela mulher fantástica que você é

Meus tweets: O que é ter orgulho de ser LGBT?

Imagem
30 tweets sobre o Orgulho LGBT. UM PARA CADA DIA DE JUNHO.  #28deJunho #OrgulhoLGBT #ForadoArmário Frases enviadas Via Twiter no Dia do Orgulho LGBT @SergioViula (segue lá ^^) O que é ter orgulho de ser LGBT? 1. Não ter que dizer que o namorado é primo. 2. Não ter que dizer que a namorada é a melhor amiga (BFF).  3. Não ter que ver no espelho uma imagem que não corresponde à sua identidade de gênero.  4. Não temer que a mãe descubra os planos dos 2 ou das 2 para o próximo final de semana.  5. Não ter que queimar cartas de amor do namorado ou da namorada porque ninguém sabe que você é G ou L. 6. Não temer que o namorado ou a namorada fale de amor na sua timeline ou marque vc na deles.  7. Dar palpite até sobre a cor predileta, o tamanho certo, se fica bem ou não, na porta do provador.  8. Enviar ou receber flores assinando seu nome verdadeiro e chamando o namorado ou a namorada de AMOR.  9. Viajar juntos/juntas sem o menor recei

Andre e Sergio: Três meses juntos

Imagem
Por Sergio Viula Foto por Andre Dias, tirada em frente ao prédio do Ministério da Cultura no Rio. Dia 25/06/16, comemorado 3 meses de casados. Um útero cercado por um arco-iris. O que há no fim do útero? Sergio Viula, filho do arco-iris, vestindo rosa, num sábado ensolarado e frio de inverno.  Estava passando em frente ao prédio do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro quando vi essa foto. Não resisti e pedi que o Andre clicasse essa imagem. O texto embaixo dela foi publicado no Facebook ontem, quando fizemos 3 meses de casados.  Em seguida, fomos à Starbucks - a cafeteria que mais amamos - e passamos bons momentos juntos, enquanto esperávamos pelo Cineclube LGBT, que começaria às 17:00 no Centro Cultural da Justiça Federal. Starbucks - Rua Gonçalves Dias Assistimos alguns curtas na sessão das 17:00 no Centro Cultural da Justiça Federal e depois fomos jantar. Precisávamos estar em casa antes das 22:00 para que eu pudesse participar do 113º Hangout da ARCA.

FAZENDO HISTÓRIA: PRÍNCIPE WILLIAM APARECE NA CAPA DA REVISTA ATTITUDE (A MAIOR REVISTA LGBT DA INGLATERRA)

Imagem
Da redação da revista Attitude Traduzido por Sergio Viula Na quinta-feira, 12 de maio de 2016, Sua Alteza Real O Duque de Cambridge convidou a revista Attitude a trazer membros da comunidade LGBT+ ao Palácio de Kensington para ouvir suas experiências de bullying homofóbico, bifóbico e transfóbico, e discutir as implicações mentais que ele acarreta. O editor da Attitude Mathew Todd mediou a discussão. Depois de encontrar com nove delegados, o Príncipe William posou para a capa da revista Attitude, fotografado por Leigh Keily. A capa marca a primeira vez em que um membro da Família Real foi fotografado para a capa de uma publicação gay. Claro que a maioria das pessoas LGBT+ não sofre com tais problemas e vive vidas felizes e bem-sucedidas ( nota deste tradutor: na Inglaterra do século 21, pessoal!!!). Mas, tristemente, as estatísticas mostram que a comunidade LGBT+ continua sofrendo desproporcionalmente de doenças mentais, enquanto o bullying nas escolas ainda é um problem

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈