Postagens

Mostrando postagens de dezembro, 2020

Postagem em destaque

15 dias com Clara - essa fofura de 1 ano e 45 dias

Imagem
Por Sergio Viula Clara: Segundo dia de nascimento e com os olhinhos abertos Minha filha e meu genro haviam se tornado pais somente um ano e 45 dias antes de nos visitarem. Apesar da distância, acompanhamos tudo o que podíamos, graças às tecnologias da comunicação. Testemunhamos os nove meses de gravidez, a internação para o parto - que acabou sendo cesariana depois de muita espera e pouca dilatação -, o nascimento, o crescimento daquela bebezinha linda, que chegou mudando a vida de todos nós de muitas maneiras diferentes, e os primeiros passeios, a primeira viagem a uma cidade próxima (Évora) e os muitos dias que ela já passou na creche, aprendendo muitas coisas fantásticas de modo lúdico e com muito carinho das tias cuidadoras e educadoras. A tia da creche fazendo cookies com eles. Depois, todos comeram essas delícias feitas colaborativamente. Um video que eu fiz com fotos do Halloween na creche. Ela é a bruxinha mais fofa, concorda? Quem já segue esse blog há um tempo sabe que chegue

TV norueguesa entrevista Eduardo Michels e fala sobre homofobia no Brasil

Imagem
Por Sergio Viula Eduardo Michels e Flavio Miceli são um casal que compartilha a vida há 23 anos. Os dois ganharam visibilidade nacional e internacional a partir de uma agressão sofrida no dia 21 de abril de 2017. Atualmente, Eduardo tem 65 anos e Flavio, 63. Os dois foram entrevistados para a maior rede de notícias da Noruega nesse mês de dezembro. A matéria foi ao ar no dia 24. Agressão homofóbica Eduardo e Flavio foram agredidos por vizinhos que faziam uma festa numa vila de casas na Tijuca, bairro da zona norte do Rio de Janeiro. Segundo Eduardo, os agressores eram pastores, membros de igrejas evangélicas e milicianos, os quais, além de atacarem os dois fisicamente, gritavam palavras de ódio usando o nome de Jesus.  Ainda segundo Eduardo, quando os policiais chegaram ao endereço para controlar a situação, agiram como se fossem amigos do principal agressor, que, além de pastor, era policial também. Com a presença da patrulha, contudo, as agressões cessaram. Durante três meses, Edua

Conversando com meu filho sobre Pixel Art e sobre a vida

Imagem
Por Sergio Viula Andre e Sergio (Gramado, 2018) por Ezac.pixels Nesse natal, decidi fazer uma surpresa para o Andre, meu amor. Na verdade, era algo para decorar a casa de alguma forma. Andre ama essa foto e a colocou como abertura do seu smartphone faz tempo. Mas, a surpresa incluíria um desafio. O desafio seria o seguinte: Meu filho Isaac, que é conhecido como Ezac.pixels no Instagram, teria que transformar aquela foto em pixel art. A tarefa não seria nada  fácil, como vocês poderão ver no nosso bate-papo no vídeo abaixo. Eu disse logo de início que se tratava de uma encomenda, como outras que ele já havia aceito por parte de outras pessoas e até empresas. Pedi que ele fizesse o preço e acrescentei mais uma grana por minha conta mesmo. Negócio fechado, ele começou a trabalhar na arte. Nem preciso dizer que vale muito mais do que custa. A arte ficou linda! Deixou de ser apenas uma foto querida de nossa viagem a Gramado (RS), em julho de 2018, para se tornar uma obra de arte com as dig

Um presente de natal quase impossível

Imagem
Andre agora mesmo ^^ Por Sergio Viula Andre e eu nos conhecemos em 07 de fevereiro de 2016. Pouco antes, no dia 15 de janeiro daquele mesmo ano, ele havia comprado um par de óculos da Chilli Beans, coleção Rock Fellas, assinada pela estrelíssima Rita Lee. Esses óculos nos acompanharam até o início deste ano (2020), isto é, desde o nosso primeiro encontro até nossa última viagem antes da pandemia. Infelizmente, num dia nada promissor em fevereiro deste ano, Andre esqueceu os óculos em cima de um armário no trabalho, somente acessado por funcionários. Um oportunista pegou os óculos e não entregou ao setor de achados e perdidos da empresa. Dias depois, o indivíduo passou por ele usando os mesmos óculos. Era muita cara-de-pau. Apesar de Andre ter o comprovante de garantia vitalícia com a referência dos óculos em casa, ele não podia correr o risco de sofrer um terrível constrangimento se aquele par de óculos tivesse realmente outra numeração, comprovando que se tratavam de pares diferentes

A vacina contra o HIV cada vez mais perto (Fiocruz)

Imagem
Você pode clicar aqui também:  http://sgiz.mobi/s3/235bd740431f?fbclid=IwAR2la2i_01wFL9TZ8xo1yxU7bhyCc6ciSljCIE8jUlmK7WDeTMVKeeuxGT4 Por Sergio Viula Segundo a UNAIDS, a agência da ONU para a pesquisa e combate às infecções por HIV e tratamento de AIDS, "em todo o mundo, 37 milhões de pessoas vivem com HIV, o número mais alto da história, mas 25% dessas pessoas não sabem que vivem com o vírus." Por isso, a testagem é fundamental. Quando o resultado é positivo, a pessoa é encaminhada para tratamento com retrovirais com objetivo de impedir o desenvolvimento da síndrome da imunodeficiência humana adquirida (AIDS). Lembrando que não há tratamento que elimine o vírus completamente do organismo até o presente momento, mas a medicação correta evita doenças e gera qualidade de vida para a pessoa HIV+.  Tanto a busca por uma medicação que acabe com a infecção definitivamente quanto o desenvolvimento de uma vacina que previna o contágio são da mais fundamental importância.  Nesse meio

Eurodeputado homofóbico é preso em orgia gay

Imagem
  Jószef Szájer: homofóbico e gay enrustido Depois de ter contribuído para que a legislação na Hungria somente reconhecesse o casamento heterossexual em 1983, o deputado Jószef Szájer, aliado do governo conservador de presidente húngaro, Viktor Orbán, foi preso numa orgia com 25 homens em Bruxelas, quebrando as regras do isolamento da Covid-19. Segundo o jornal belga La Dernière Heure, chamada após denúncias de “perturbação noturna”, a polícia entrou no primeiro andar de um prédio na capital da Bélgica e encontrou 25 homens nus, incluindo Szájer e alguns diplomatas. A Promotoria belga afirma que o eurodeputado pulou por uma janela do prédio e foi detido quando “fugia pela sarjeta”. É incrível como é recorrente. A bicha enrustida, com ódio das bichas assumidas, fala mal da bichisse de um modo geral, mas é flagrada com a "boca na botija" da bicha que ela condena em público, mas chupa no privado. Todas essas têm que ser arrancadas do armário à força. Bicha armarizada tem que fal

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Dia Internacional do Orgulho LGBT: Importantes apontamentos

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia