Postagem em destaque

Heartstopper: Uma série que inspira e encanta

Imagem
Kit Connor e Joe Locke fazem o papel de Nick Nelson e Charlie Spring,  respectivamente, em Heartstopper. (Netflix) Por Sergio Viula Com informações do portal Pink News Já se passaram seis anos desde que Alice Oseman escreveu sua webcomic (quadrinhos para a Internet). Os quadrinhos foram muitíssimo bem recebidos. Agora, Heartstopper chega à Netflix e já figura entre os produtos mais assistidos do streaming. Heartstopper conta a história de Charlie (Joe Locke), um adolescente gay que vive completamente fora do armário, e que se apaixona por Nick (Kit Connor), um jogador de rugby em sua escola. Charlie é gay. Nick é bissexual. Elle é transexual negra e apaixonada por Tao Xu, que é asiático-americano. Tara e Darcy são duas garotas cisgêneras e formam um casal interracial. E, por fim, existe o Ben, que é gay enrustido e mal resolvido, mas vive dando em cima de Charlie em segredo. Eu assisti tudo nesse feriado de Tiradentes e adorei! Assista a série aqui: HEARTSOPPER - NETFLIX . Trailer ofic

Terrorista que atacou três homens gays confessa o crime

Por Sergio Viula


De acordo com o portal de notícias Pink News, o autor do ataque terrorista que levou três homens gays à morte na cidade de Reading, Inglaterra, assumiu o crime. Os crimes foram consumados à golpes de faca.


Autor do ataque: Khairi Saadallah


Khairi Saadallah, 26, admitiu os três homicídios


Os ataques foram realizados nos Jardins Forbury (Forbury Gardens) em Reading no mês de junho.

As três vítimas do atentado eram membros conhecidos e respeitados na comunidade. Seus nomes eram James Furlong, David Wails e Joseph Ritchie-Bennett. Outras três pessoas foram feridas, mas não morreram. 

Saadallah havia recebido acolhimento como imigrante na Inglaterra em 2018. Ele nasceu na Líbia e já era conhecido do serviço de segurança MI5 por ligações com grupos terroristas. O acusado também já tinha sido condenado por outros atos violentos.

A corte foi informada que durante o ataque à faca, o acusado gritava “Allahu akbar” (Alá é grande). Ele foi preso logo depois dos ataques, graças a um policial fora de serviço que chamou a polícia pelo telefone. 

De acordo com as leis do Reino Unido, atos terroristas são crimes cometidos "com o propósito de promover causas ideológicas, religiosas ou políticas".  A polícia registrou o caso como ataque terrorista em junho.

Saadallah pode ser condenado à prisão perpétua. A sentença deverá ser anunciada até 7 de dezembro deste ano.


Joe Ritchie-Bennett, David Wails e James Furlong assassinados por Saadallah


James Furlong, professor, descrito por amigos como "um gay 'assumido' que queria igualdade para todos".

Joe Ritchie-Bennety era um americano “brilhante e amável” que perdeu seu esposo para o câncer apenas cinco anos atrás.

David Wails era um cientista que sempre "fazia as pessoas rirem".

Uma vigília pelas três vítimas do ataque em Reading foi organizada no Blagrave Arms, um pub gay popular que o trio costumava frequentar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia