Postagem em destaque

Paula, uma pessoa intersexo

Imagem
  Por Sergio Viula Decidi resgatar uma experiência que eu tive em 12/02/2103, na cidade de Fortaleza, CE.  Essa experiência de troca humana fantástica aconteceu na Praia do Futuro, que é pontilhada por barracas em estilo de choupanas. Tomei uns belos  drinks  (lembram?) e comi muqueca de arraia com um acompanhamento de arroz, maionese, batata frita e farofa - tudo simples, mas super gostosinho. O melhor de tudo porém, foi ter conhecido Paula.  Assim que cheguei, percebi que Paula era uma mulher especial, apesar de todas as mulheres terem algo de especial por natureza. Mas, Paula chamava atenção por ter alguns traços masculinos. De início, pensei que ela fosse uma mulher transexual em processo de feminização. Decidi seguir o caminho mais seguro para descobrir como ela se identificava - perguntei qual era o seu nome. Assim, ela poderia indicar se preferia ser tratada no feminino, como eu imaginava. Ela me disse que se chamava Paula.  Acontece que Paula  não  é transexual. De forma absolu

Terrorista que atacou três homens gays confessa o crime

Por Sergio Viula


De acordo com o portal de notícias Pink News, o autor do ataque terrorista que levou três homens gays à morte na cidade de Reading, Inglaterra, assumiu o crime. Os crimes foram consumados à golpes de faca.


Autor do ataque: Khairi Saadallah


Khairi Saadallah, 26, admitiu os três homicídios


Os ataques foram realizados nos Jardins Forbury (Forbury Gardens) em Reading no mês de junho.

As três vítimas do atentado eram membros conhecidos e respeitados na comunidade. Seus nomes eram James Furlong, David Wails e Joseph Ritchie-Bennett. Outras três pessoas foram feridas, mas não morreram. 

Saadallah havia recebido acolhimento como imigrante na Inglaterra em 2018. Ele nasceu na Líbia e já era conhecido do serviço de segurança MI5 por ligações com grupos terroristas. O acusado também já tinha sido condenado por outros atos violentos.

A corte foi informada que durante o ataque à faca, o acusado gritava “Allahu akbar” (Alá é grande). Ele foi preso logo depois dos ataques, graças a um policial fora de serviço que chamou a polícia pelo telefone. 

De acordo com as leis do Reino Unido, atos terroristas são crimes cometidos "com o propósito de promover causas ideológicas, religiosas ou políticas".  A polícia registrou o caso como ataque terrorista em junho.

Saadallah pode ser condenado à prisão perpétua. A sentença deverá ser anunciada até 7 de dezembro deste ano.


Joe Ritchie-Bennett, David Wails e James Furlong assassinados por Saadallah


James Furlong, professor, descrito por amigos como "um gay 'assumido' que queria igualdade para todos".

Joe Ritchie-Bennety era um americano “brilhante e amável” que perdeu seu esposo para o câncer apenas cinco anos atrás.

David Wails era um cientista que sempre "fazia as pessoas rirem".

Uma vigília pelas três vítimas do ataque em Reading foi organizada no Blagrave Arms, um pub gay popular que o trio costumava frequentar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia

Júlio Severo, um lobo em pele de cordeiro (escrito por um cristão)