Postagem em destaque

15 dias com Clara - essa fofura de 1 ano e 45 dias

Imagem
Por Sergio Viula Clara: Segundo dia de nascimento e com os olhinhos abertos Minha filha e meu genro haviam se tornado pais somente um ano e 45 dias antes de nos visitarem. Apesar da distância, acompanhamos tudo o que podíamos, graças às tecnologias da comunicação. Testemunhamos os nove meses de gravidez, a internação para o parto - que acabou sendo cesariana depois de muita espera e pouca dilatação -, o nascimento, o crescimento daquela bebezinha linda, que chegou mudando a vida de todos nós de muitas maneiras diferentes, e os primeiros passeios, a primeira viagem a uma cidade próxima (Évora) e os muitos dias que ela já passou na creche, aprendendo muitas coisas fantásticas de modo lúdico e com muito carinho das tias cuidadoras e educadoras. A tia da creche fazendo cookies com eles. Depois, todos comeram essas delícias feitas colaborativamente. Um video que eu fiz com fotos do Halloween na creche. Ela é a bruxinha mais fofa, concorda? Quem já segue esse blog há um tempo sabe que chegue

Terrorista que atacou três homens gays confessa o crime

Por Sergio Viula


De acordo com o portal de notícias Pink News, o autor do ataque terrorista que levou três homens gays à morte na cidade de Reading, Inglaterra, assumiu o crime. Os crimes foram consumados à golpes de faca.


Autor do ataque: Khairi Saadallah


Khairi Saadallah, 26, admitiu os três homicídios


Os ataques foram realizados nos Jardins Forbury (Forbury Gardens) em Reading no mês de junho.

As três vítimas do atentado eram membros conhecidos e respeitados na comunidade. Seus nomes eram James Furlong, David Wails e Joseph Ritchie-Bennett. Outras três pessoas foram feridas, mas não morreram. 

Saadallah havia recebido acolhimento como imigrante na Inglaterra em 2018. Ele nasceu na Líbia e já era conhecido do serviço de segurança MI5 por ligações com grupos terroristas. O acusado também já tinha sido condenado por outros atos violentos.

A corte foi informada que durante o ataque à faca, o acusado gritava “Allahu akbar” (Alá é grande). Ele foi preso logo depois dos ataques, graças a um policial fora de serviço que chamou a polícia pelo telefone. 

De acordo com as leis do Reino Unido, atos terroristas são crimes cometidos "com o propósito de promover causas ideológicas, religiosas ou políticas".  A polícia registrou o caso como ataque terrorista em junho.

Saadallah pode ser condenado à prisão perpétua. A sentença deverá ser anunciada até 7 de dezembro deste ano.


Joe Ritchie-Bennett, David Wails e James Furlong assassinados por Saadallah


James Furlong, professor, descrito por amigos como "um gay 'assumido' que queria igualdade para todos".

Joe Ritchie-Bennety era um americano “brilhante e amável” que perdeu seu esposo para o câncer apenas cinco anos atrás.

David Wails era um cientista que sempre "fazia as pessoas rirem".

Uma vigília pelas três vítimas do ataque em Reading foi organizada no Blagrave Arms, um pub gay popular que o trio costumava frequentar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Dia Internacional do Orgulho LGBT: Importantes apontamentos

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia