Postagem em destaque

15 dias com Clara - essa fofura de 1 ano e 45 dias

Imagem
Por Sergio Viula Clara: Segundo dia de nascimento e com os olhinhos abertos Minha filha e meu genro haviam se tornado pais somente um ano e 45 dias antes de nos visitarem. Apesar da distância, acompanhamos tudo o que podíamos, graças às tecnologias da comunicação. Testemunhamos os nove meses de gravidez, a internação para o parto - que acabou sendo cesariana depois de muita espera e pouca dilatação -, o nascimento, o crescimento daquela bebezinha linda, que chegou mudando a vida de todos nós de muitas maneiras diferentes, e os primeiros passeios, a primeira viagem a uma cidade próxima (Évora) e os muitos dias que ela já passou na creche, aprendendo muitas coisas fantásticas de modo lúdico e com muito carinho das tias cuidadoras e educadoras. A tia da creche fazendo cookies com eles. Depois, todos comeram essas delícias feitas colaborativamente. Um video que eu fiz com fotos do Halloween na creche. Ela é a bruxinha mais fofa, concorda? Quem já segue esse blog há um tempo sabe que chegue

Grande dia! Meu pai foi vacinado!

 Por Sergio Viula


Meu pai sendo vacinado contra ao Corona
hoje (04 de março de 2021)



No dia 14 de março, ou seja, daqui a dez dias, eu completarei um ano de isolamento. Isso quer dizer que trabalhei de casa, não saí para comemorações de quaisquer tipos e só tive contato com quatro pessoas diretamente: meu marido, meu filho e meus pais. É uma vantagem gigantesca poder viver assim, apesar dos custos emocionais da renúncia de quase tudo o que eu costumava fazer.

Foi graças a esse isolamento, porém, que eu fiquei relativamente fora do alcance do Corona a maior parte do tempo.

Hoje, eu tive a alegria de receber a melhor notícia do ano para nós aqui de casa: Meu pai tomou a primeira dose da vacina. Daqui a uns dias, será a vez da minha mãe. Meu pai é cardíaco com quadro grave e minha mãe está em remissão de câncer, já tendo recebido alta da quimioterapia há quase quatro meses.




Quem acompanhou meu pai na vacinação, foi o meu filho Isaac. Foi ele que filmou esse atencioso enfermeiro trabalhando com toda a simpatia e competência, como vocês podem constatar pelo vídeo. O atendimento foi super rápido. Eles gastaram 30 minutos no máximo para chegarem lá, serem atendidos e entrarem em casa de novo. Estamos todos muito felizes com essa conquista. 


Vacina, sim.

Clínica da Família, sim.

SUS, sempre!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Dia Internacional do Orgulho LGBT: Importantes apontamentos

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia