Postagem em destaque

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEXODIVERSIDADE

Imagem
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEXODIVERSIDADE Por Sergio Viula Fundada por Charles Taze Russell em XXXXX, a religião conhecida como Testemunhas de Jeová é uma das mais totalitárias do mundo. Confundida por muitos com as igrejas evangélicas, a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, ligada ao Corpo Governante contava com mais de oito milhões e duzentos mil membros. No Brasil, são pouco mais que 700 mil seguidores e 11.562 Salões do Reino das Testemunhas de Jeová (seus templos) no mundo todo. Esses números são de 2014, ultima contagem publicada até o momento desse artigo. Entre suas crenças mais conhecidas e repudiadas estão a de não doar e nem receber sangue sob hipótese alguma e a de não participar da vida cívica do país em que estejam inseridas. Porem, muitas outras crenças são estranhas à maioria das comunidades ditas cristãs. As Testemunhas de Jeová não se consideram ‘evangélicas’ quando termo é aplicado a igrejas protestantes mais recentes e pentecostais, mas gostam de se denomina

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈



Por Sergio Viula



1º DIA:

07/03/2021


Às vesperas do Dia Internacional da Mulher, minha filha me deu uma notícia que merece celebração e exige cuidados ao mesmo tempo. 

Acordei por volta das nove horas da manhã com mensagens entrando, uma após a outra, no meu Instagram. Antes mesmo de ir ao banheiro fazer a higiene matutina, abri o comunicador e li o seguinte: "Você vai ser avô, mas ainda é segredo. Só conta para os meus pais e para o Isaac." A razão do segredo é que o teste para gravidez que ela havia feito era aqueles que se compram em farmácias. Ela queria contar para outras pessoas só depois do exame de sangue, que dá um resulado mais seguro.

Claro que eu fiquei feliz e preocupado ao mesmo tempo. Daí, a frase que abriu esse diário lá em cima. É bom saber que Larissa e Vitor estão felizes com a perspectiva da maternidade e da paternidade. Por outro lado, ter um filho não é tão simples quanto muita gente imagina e nem como alguns pais e algumas mães tendem a falar sobre esse assunto, como se tudo se resumisse a sapatinhos de crochê e mantinhas estampadas com motivos infantis. 

Dei alguns conselhos aos marinheiros de primeira viagem, mas tudo com bom senso e alegria, obviamente.

Contei para os meus pais, que agora serão bisavós, e para o meu filho, que ainda não havia se imaginado tio com clareza. Ficaram super felizes, é claro, mas também ansiosos para acompanhar, mesmo que de longe, a gravidez desses dois fofos.

Esse 'post' será atualizado sempre que eu me sentir motivado a registrar alguma novidade ou sentimento ao longo dos próximos meses. Ela não sabe ainda quanto tempo já tem. Isso é outra coisa que será indicada pelo médico.

Sigam o blog. E não deixem de seguir meu canal no YouTube. Imagina se um avô todo trabalhado nas cores do arco-íris vai ficar calado por muito tempo. Assim que Larissa e Vitor e me autorizarem, eu vou falar um bocado sobre isso. Inscrevam-se e aguardem. 👴🏳️‍🌈



2º DIA:

11/04/2021


Ontem, enviei mensagem para minha filha perguntando sobre as novidades. Hoje, antes do nosso café da manhã, ela começou a responder. Aqui eram cerca de 10h da manhã (domingo), mas lá já estava num "comboio" (palavra para trem em Portugal) dirigindo-se ao trabalho. Enquanto viajava, ela ia me atualizando.

Larissa fez uma ultrassonografia ontem. Estava com 11 semanas de gravidez, ou seja praticamente três meses. O médico não pôde dizer muito ainda, mas confirmou que o desenvolvimento está normal. O feto já tem pernas e braços. Larissa brinca, dizendo: "Uma cabeça enorme kkk. Parece uma alien." Eu ri muito e disse que todo feto é assim mesmo - sempre cabeçudo. E acrescentei: Antes de serem lindos como vocês eram bebezinhos, você e seu irmão tamém pareciam aliens encapsulados na barriga da mãe de vocês. Ele/Ela vai ser lindo(a) também. Aguardem. ^^




Conversamos muito sobre a situação lamentável em que o Brasil se encontra em todos os sentidos. Parece que o país retrocedeu o equivalente a 30 anos. E aconselhei: "Venham nos visitar, aguardem a nossa visita, mas nunca se mudem para cá. Invistam nesse bebê que vem aí para que se torne um ser humano pleno que pode viver num ambiente tranquilo como esse no qual vocês vivem hoje. Que seja daí para cima."

Trocamos várias ideias sobre os desafios da gravidez, as mudanças que acontecem na cabeça da mulher, a necessidade de manter o pai  sempre junto e participando de tudo, a importância de cultivar paixões alegres no cotidiano para que o feto seja bombardeado, via sanguínea, com os hormônios da felicidade. Além disso, sabe-se lá como chegam os estímulos neurais ao "projetinho de gente"? Que sejam as melhores, então. 😊

E falando em estimular um bom desenolvimento cerebral desde cedo, vale a pena dar uma olhadinha nessa matéria da revista Crescer: 7 coisas que você pode fazer pelo cérebro do bebê.

A ansidade de estar gestante longe das pessoas com as quais ela cresceu - pais, avós, irmão, etc. - é grande, claro. Mas, eu procurei ressaltar o que ela tem à mão: um marido carinhoso, sogros amáveis, toda assistência hospitalar de que precisa e nosso acompanhamento à distância, mas muito mais realista do que seria se isso acontecesse há apenas 20 anos - e isso graças as tecnologias de comunicação. 🖥️

Estaremos próximos, mesmo que à distância. Coragem, Larissa e Vitor!


3º DIA:

14/04/2021


A publicação desse diário foi feita hoje, depois que Larissa me disse que já deu a boa notícia às amigas, aos amigos e a alguns parentes. Ela me disse que fez dois anos ontem que ela está fora do país. Como o tempo voa! 

Os exames de sangue estão ótimos. Agora, vou enviar a carteira de vacinação dela (escaneada), porque a médica quer saber quais vacinas ela precisa e pode tomar nesse momento. Já adiantei que ela e o  irmão tomaram todas as vacinas recomendadas para cada fase da infância e adolescência. Aqui em casa, vacina sempre foi coisa séria. Porém, é provável que algumas tenham que ser renovadas. Vamos ver o que diz a médica. 🙃🤗

4º DIA:

21/04/2021


Larissa me disse que a barriga começa a aparecer agora. Ela está com 13 semanas. Perguntei se já estavam pensando nas compras para o bebê. Fraldas descartáveis são itens indispensáveis, mas tem muita coisa que precisa ser organizada. Ela me disse que a cunhada do Vítor teve bebê há pouco tempo e pretende dar algumas coisas para eles. Isso já reduz o custo, é claro, mas sempre é preciso comprar uma coisa ou outra. 💰




Apesar da distância geográfica, decidi ser o primeiro a presentear o bebê. Comprei um macacão em formato de ursinho. Vai na cor branca para evitar aquela ladainha chatésima de rosa e azul. Achei uma fofura. Vai chegar lá até o dia 23 de maio. É uma maneira simbólica de dizer que estou por perto, mesmo estando separado deles por 7,704 km.


5º DIA:

28/04/2021


Larissa fez uma nova eco na sexta-feira passada. O projetinho de gente vai bem. Osso dorsal, OK. Movimentos fetais, OK. Batimentos cardíacos, OK. Síndorme de Down descartada até o momento. O bichinho só tem 6,5 cm. "É do tamanho de uma laranja", disse a mãe. 😊

A médica recomenda que a partir da 20ª semana, Larissa esteja em casa, ou seja, não vá mais ao trabalho. De fato, o trabalho dela é um risco. Ela tem contato com pacientes no hospital constantemente e corre o risco de se infectar com alguma coisa, além de ficar muitas horas em pé - o que não é conveniente para ela ou para a gestação.  😷🤒🤕

Sobre o presentinho que eu comprei e mandei entregar na casa deles, ela descobriu lendo minha postagem sobre a compra (acima). Eu sabia que isso poderia acontecer, mas como ela é super ocupada, pensei que o presente chegaria lá antes que ela visse. 🎁

A reação?

Foi a do mais absoluto entusiasmo!  

"Achamos uma fofura... Mto, mto, fofo!", disse ela sobre como os dois se sentiram ao descobrirem sobre o presentinho. E completou: "Obrigada, pai. Isso significa mto... Pelo carinho."

Ainda falta muito tempo até a bunyta ou o bunyto colocar a cara no sol, mas a torcida aqui em casa é grande - tanto nossa (Andre e eu) como dos meus pais e do meu filho. E a gente sabe que tem muita gente amiga na mesma vibe. ❤️


6º DIA:

25/05/2021


Larissa conseguiu afastamento do trabalho até dar à luz. Depois, ela terá quatro meses de licença maternindade. Esse afastamento é fundametnal, especialmente nesse momento de pandemia. Segundo a médica dela, a vacina pode ser tomada após a 23ª semana de gravidez, mas ela está na 18ª agora. Então, isso vai ter que esperar um pouquinho.

Segunda a obstetra, as chances de ser uma menina são de 70%. Se for menina, eles já decidiram que será Clara. Se for menino, eles ainda estão discutindo o nome. Larissa gosta muito de Igor. Eu acho fantásticos os nomes curtos.

A primeira roupinha que eu enviei já chegou, apesar do meu equivocado endereçamento. As demais irão direto para a casa deles certinho. Já ajustei o endereço.

Larissa e Vitor na expectativa ^^



Olha que fofos esses dois! Agora, imagine quando esse roupinha estiver recheada com um bebê bem fofinho. Mas, ao que tudo indica, ela ou ele só poderá vestir essa roupinha com uns 6 meses. Não para bebê recém-nascido, mas Larissa me disse que é a qualidade do tecido é top. Amei, porque comprei sem poder ter contato com a peça. Tem mais umas coisinhas indo pra lá. ^^


7º DIA:

04/06/2021


Fiquei super feliz em receber um vídeo da Larissa mostrando as pecinhas que chegaram para o bebê. Eu havia comprado um 'body', um macaquinho e alguns sapatinhos. Mas eu sempre fico me perguntando se a qualidade é boa mesmo, porque eu não posso ver as peças, uma vez que a compra é feita online. Quando Larissa fez o vídeo, ela me disse que a qualidade é top. Que bom!


Ela também me conta que vai colocar esse body no bebê quando ele/ela sair a maternidade. Fiquei muito orgulhoso! A frase na frente do body diz o seguinte: MOM + DAD + QUARENTINE = ME.



Estou ansioso para ver a cara dessa figurinha!


8º DIA:

08/06/2021


Larissa acaba de me contar que fez uma eco (40 minutos de atenção por parte do médico). Tudo explicadinho. Ela conseguiu ver as mãozinhas, os pezinhos e até o sexo do bebê. Vem aí uma garotinha super saudável, segundo o médico. Larissa me disse que ficou muito emocionada vendo tudo o que a eco mostrava e ouvindo os comentários do médico. Nós ficamos na torcida aqui. Acabei de falar com ela por videochamda. Emocionante!

Clara teve direito à postagem de música do Jorge Vercillo no Instagram da própria mãe.

Ela une todas as coisas
Como eu poderia explicar
Um doce mistério de rio
Com a transparência de um mar

Ela une todas as coisas
Quantos elementos vão lá
Sentimento fundo de água
Com toda leveza do ar

Ela está em todas as coisas
Até no vazio que me dá
Quando vejo a tarde cair
E ela não está

Talvez ela saiba de cor
Tudo que eu preciso sentir
Pedra preciosa de olhar
Ela só precisa existir
Para me completar

Ela une o mar
Com o meu olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Ela une as quatro estações
Une dois caminhos num só
Sempre que eu me vejo perdido
Une amigos ao meu redor

Ela está em todas as coisas
Até no vazio que me dá
Quando vejo a tarde cair
E ela não está

Talvez ela saiba de cor
Tudo que eu preciso sentir
Pedra preciosa de olhar
Ela só precisa existir
Para me completar

Ela une o mar
Com o meu olhar
Ela só precisa existir
Pra me completar

Une o meu viver
Com o seu viver
Ela só precisa existir
Para me completar

Ela une todas as coisas 🎶❤

#amormaior    #minhapedrapreciosa     #vemClarinha


9º DIA:

20/06/2021


A barriguinha agora está realmente aparecendo. Clarinha, a "fechativa"! Já está chegando com tudo! O tempo voa! E daqui a pouco, ela dará o tom do seu primeiro choro - aquele que vem com a inauguração dos pulmões. E que a capacidade pulmonar seja plena todos os dias da vida dela. 


Larissa com 5 meses de gravidez


9º DIA:

01/07/2021


Ontem, Larissa recebeu as roupinhas que eu e Andre mandamos junto com outras que os avós João e Conceição enviaram. São uma gracinha, como vocês podem constatar no vídeo. E é impagável poder ver a alegria e a ternura que Larissa sente vendo cada uma dessas pecinhas! É reconfortante podermos proporcionar esse carinho, ainda que seja à distância.





Hoje, conversávamos sobre como a vida é incrível. Por exemplo, eu nasci cercado de portugueses e minha mãe era imigrante aqui. Hoje, minha neta nascerá cercada de portugueses porque a mãe dela (minha filha) é imigrante lá. O modo de falar dos parentes velhos que me cercavam e que foram morrendo ao longo da minha vida agora será o da minha neta, que, por sua vez, verá seus parentes brasileiros também morrer durante a vida dela. A diferença é que, no caso dela, o contato será quase exclusivamente por meio das tecnologias de som e imagem de hoje e do futuro - as videochamdas e o que vier de pois disso. Eu tenho muitas lembranças da minha avó Maria. Ela me acompanhou desde o meu nascimento até os meus 39 anos. Foi uma vida inteira juntos. Éramos amigos até debaixo d'água. E, apesar do oceano que nos separa, estarei perto de Clarinha de muitos modos diferentes. ❤️

Clara chega daqui a três meses. Larissa e Vitor estão ansiosos para ver essa "miúda", como eles dizem em Portugal. E nós também. ^^


10º DIA:

29/07/2021


Clara crescendo a cada dia.


A barriga já está assim! Clara deve chegar até a terceira semana de outubro, mas pode até nascer antes disso. 

Por causa de algumas restrições. a ultrassonagrafia que ela deveria ter feito esses dias teve que ser adiada. Portugal tem agido com muita responsabilidade em meio à pandemia - bem diferente desse país aqui, desgovernado por um fascista que só não faz mal maior porque tem sido impedido aqui e ali por instituições que estão além do seu comando. Graças à vacinação adiantada lá, o país já começa a relaxar algumas medidas de restrição - o que será feito em três etapas.

Quanto à Clara, muita coisa já está arrumadinha para a chegada dela. Mas, o melhor de tudo é que a saúde dos três vai muito bem - do papai, da mamãe e da filhota. E por aqui, todos temos conseguido nos manter longe desse vírus mocorongo. 


11º DIA:

15/08/2021




Clarinha já tem seu primeiro par de tênis, à semelhança do All Star, e antes mesmo de poder colocar os pés no chão sozinha. E mais: tênis todo trabalhado no brilho. É para já deixar pegadas cintilantes pelo caminho. 

Hoje é dia 15 de agosto. Portanto, faltam aproximadamente 2 meses para a chegada da miúda, como dizem os portugueses. ^^

O papai já foi vacinado no sábado, dia 07 de agosto, mas a mamãe ainda não. Os médicos estão sendo cautelosos com as possíveis reações. O Vitor teve bastante febre e ficou um dia na cama. Curiosamente, foi a mesma vacina que eu, Andre, meu pai e meu filho tomamos aqui, mas não tivemos qualquer reação. Cada corpo tem suas próprias características. Daí o receio dos médicos em vacinar Larissa agora. Por causa disso, o cuidado é redobrado para que essa gravidez, super bem-sucedida até agora, continue assim até o final. 


12º DIA:

20/08/2021


Uma das Angels da Victoria's Secret



Anteontem, Larissa foi ao médico. O obstetra perguntou sobre a vacina. Larissa disse que não estava conseguindo marcar. Em Portugal, é preciso agendar a vacinação. Sabem o que o médico fez? Ligou para um colega na hora e a encaminhou a um centro de saúde. Ela foi imediatamente e conseguiu tomar a vacina. Não apenas isso, o pessoal do centro de saúde onde ela se vacinou ainda a deixou em observação por um tempo para garantir que ela teria assistência, caso apresentasse alguma reação. 

Em três minutos o médico dela resolveu o problema. 

O avô colorido da Clara, por sua vez, tomou a segunda dose dois antes da mãe dela tomar a primeira. Como seria bom se Larissa  tivesse sido vacinada um pouco mais cedo -  a segunda dose viria antes do parto. De início, os médicos preferiram não aplicar o imunizante porque a gravidez estava no começo e eles estavam sendo cuidadosos, mas essa demora acabou se estendendo por demais, provavelmente pela demanda nos postos de vacinação.

Agora, falando sobre o parto, Larissa quer dar à luz normalmente, ou seja, sem cesariana. Os médicos sempre insinuam que a cesariana é melhor. De fato, é menos dolorosa na hora e mais rápida - o que permite que o médico traga vários bebês ao mundo em pouco tempo e tenha controle total sobre sua agenda. Porém, a recuperação do parto normal costuma ser muito mais tranquila e menos dolorosa para a mulher. 

O médico que analisou a ultrassonografia dessa semana brincou dizendo que a Clara vai ser uma Angel, tipo as modelos da Victoria's Secret. Uma lisonja que precisa ficar registrada. 🤩

Segundo ele, Clara vai ser um bebezão. Larissa, porém, continua resoluta: 

"Eu não quero cesariana de jeito nenhum. Se for só pelo meu conforto eu não quero. Se for uma situação de risco pra mim ou pra ela, aí não tem jeito, mas faço o que for preciso pra parir essa menina da forma mais natural possível." 🤱

Curiosamente, Larissa também nasceu de parto normal. Issac, meu segundo filho, nasceu de cesariana, mas essa escolha foi devido à ligadura de trompas, que seria feita logo depois do parto. Independentemente do tipo de parto, os dois chegaram super saudáveis e fofinhos! 

Larissa, porém, tinha 54 cm de comprimento quando nasceu e mesmo assim foi parto normal. Clara tem a quem puxar.


Larissa e Isaac nasceram aqui quando esse hospital ainda funcionava com excelência.


Outra curiosidade: Tanto Larissa como Isaac nasceram no Hospital Sírio-Líbanês, que funcionava na Rua São Francisco Xavier, Tijuca. Agora, infelizmente, ele encontra-se fechado por conta de um colpaso no teto do úlimo andar, mas quando a mãe e o tio da Clara nasceram, aquele hospital era simplesmente excelente. Todos os procedimentos foram executados impecavelmente. 

Clara vem sendo acompanhada no Hospital dos Lusíadas. Tenho certeza que tudo será feito com a mesma excelência ou até mais. Só nos resta esperar o momento dessa "Angel" colocar a cara no sol para podermos respirar aliviados depois do primeiro choro. 😉



13º DIA:

27/08/2021


Larissa: 7 meses de gravidez



Minha filha, que já era uma linda mulher, ficou mais linda ainda! Grávida de sete meses e cheia de saúde, ela ilumina meu dia quando me manda fotos e notícias.

Parabéns, Larissa! Que bom que você tem se exercitado e se alimentado conforme orientação médica. 

Fiquei super feliz ao saber que você está fazendo um curso de maternidade sugerido por sua médica. Parabéns. Cuidar de um bebê exige técnica e método mesmo. Amamentar, idem.

Estamos todos aguardando com grande expectativa a chegada da Clarinha. Logo, logo, você a terá nos braços. Dormir deixará de ser desconfortável por causa da barriga, mas a noite será dormida por etapas, não vou negar. Amamentação e trocas de fraldas noturnas podem ser desgastantes, mas essa fase vai passar também. 

Essa barriga está linda! Só lamento nunca ter podido dar um beijo nela com a Clara dentro. 💜 

De qualquer modo, o que me consola é que você está bem longe desse Rio de Nojeira. Você sabia que, em menos de uma semana, Andre foi roubado no calçadão depois do jantar, um amigo meu foi agredido junto com a namorada por bandidos no Arpoador, Copacabana foi palco de arrastões e teve 30 ônibus depredados por marginais que frequentam a praia, o Fashion Mall e o Barra Shopping foram assaltados por bandidos armados ontem... E isso é só o que se destacou. Tem muito mais...

Anote isso aqui: Que Clara viva bem longe dessa pocilga maqueada, mesmo que eu jamais possa pegá-la nos braços e só tenha a oportunidade de vê-la quando ela já tiver se tornado uma mulher tão linda quanto a mãe. 🥺❤️


14º DIA:

16/09/2021


A previsão do parto é para o dia 29 de outubro, podendo adiantar um pouquinho. Segundo a médica, se não acontecer até essa data, será melhor fazer uma cesariana... só para garantir, mas a gestação está indo muito bem. Semana passada, Larissa fez uma bateria de exames, incluindo uma nova ultrassonografia, só que dessa vez uma coisa inesperada aconteceu.



Minha mãe demorou para querer realmente aprender a usar o WhatsApp. Parece uma coisa absurda, quando a gente pensa que quase todo mundo usa, mas ela nunca teve interesse. Só depois que a pandemia começou foi que ela sentiu necessidade de manter contato com seu círculo de amizades sem ter que sair de casa e as chamadas de vídeo tornavam tudo mais interessante do que apenas um telefonema. 

Mas, o que isso tem a ver com Larissa e seu exame?

O fato é que minha mãe fez uma chamada de vídeo para Larissa sem saber que ela estava na sala do médico para fazer a ultrassonografia. Larissa perguntou ao médíco se a bisavó da Clara poderia ouvir os batimentos cardíacos da bisneta. O doutor disse que sim. Conclusão: Minha mãe foi a primeira pessoa, além da própria Larissa e do próprio Vitor, a ouvir o coração da bisneta - e isso do outro lado do oceano Atlântico!!! A emoção tomou conta dela, do meu pai e da Larissa. Até a Clara deve ter sentido as alterações bioquímicas produzidas pela emoção da mãe.  

Fiquei sabendo também que a mãe da Larissa enviou uma roupinhas que ela mesma fez - acho que eram coisinhas de crochê ou tricô. O problema é que a alfândega reteve o pacote porque achou que tinha propósito comercial. Dava uns cinco quilos e algumas peças eram semelhantes, só que em cores diferentes. Foi o suficiente para a retenção, mas tudo deve ser liberado quando Larissa comparecer para retirar. Duvido muito que eles não vejam a relação entre o conteúdo do pacote e o "conteúdo" da barriga. Sendo para uso pessoal, como no caso de um presente, não há taxação de importação.

Agora, só falta um mês e meio. 👨‍👩‍👧


15º DIA:

0710/2021

 

Hoje é dia da última ultrassonografia! Enquanto escrevo esse post para o diário, Larissa está aguardando o atendimento para realizar a última verificação sobre o desenvolvimento de Clara antes do parto. Essa é a 37ª semana! Como voou! Agora, restam apenas 3 semanas. Clarinha chega até o Halloween! Uhu! 🎃

Essa semana, uma outra vitória foi conquistada. Essa já era esperada há mais de dois anos! Chegou o cartão que comprova o direito à residência em Portugal com tudo o que isso significa. Ela nem imaginava que estaria casada e gestando agora quando deu entrada no documento. E a demora na emissão do documento foi principalmente devida à pandemia, que atrasou tudo, menos a chegada da Clara... 🙊

Aliás, a ultrassonagrafia confirmou que está tudo bem com ela. A pirralha (risos) está com 3,100 kg e é comprida. Vai nascer com peso e comprimento da mãe, provavelmente (3,400 kg e 54 cm).

Minha prima Isa enviou umas roupinhas de presente para a Clarinha essa semana também. Devem chegar em até 20 dias - pouco antes ou logo depois do parto. Eu mostro os presentinhos assim que Larissa me mandar fotos.

A mãe de Larissa também enviou uma série de coisinhas feitas à mão por ela mesma. Fiquei impressionado com a beleza e o carinho com que cada coisa foi feita. Ela sempre foi talentosa para trabalhos manuais - desenho, pintura, confecção de fantoches, etc. -, mas eu não podia imaginar que ela tivesse desenvolvido esse talento também, que veio bem a calhar, diga-se de passagem. 😻

Veja que gracinhas os presentes que ela enviou no vídeo abaixo:

Comentários

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades