Postagem em destaque

Acordei virado no Jiraya! #curagay

Imagem
 Por Sergio Viula Depois de ler a matéria da revista Veja ("Volta ao passado: ideia absurda da cura gay ganha vigor com influencers) nesse link: https://veja.abril.com.br/brasil/volta-ao-passado-ideia-absurda-da-cura-gay-ganha-vigor-com-influencers/   e de assistir a um vídeo do canal Veja e Viva, que pode ser encontrado em https://youtu.be/tb1D448bDbc?si=k-TA0EW49CS6-yuP , decidi fazer uma live no Instagram comentando tudo isso.  Eu li a matéria assim que saiu, mas só assisti ao video hoje, e foi por indicação do meu amigo Evandro Santana. Eu tinha acabado de acordar e nem tinha tomado café ainda quando assisti ao vídeo. Decidi imediatamente comentar tudo isso enquanto tomava um café expresso. Depois, parti para um mate, porque o papo renderia. E rendeu mesmo. Assista aqui a live com meus comentários sobre tudo isso. Por favor, não deixe de compartilhar essa postagem ou o vídeo com seus contatos para que mais gente seja alertada sobre essa fraude e seus riscos. Se você já foi fis

Conversando com meu filho sobre Pixel Art e sobre a vida

Por Sergio Viula


Andre e Sergio (Gramado, 2018) por Ezac.pixels



Nesse natal, decidi fazer uma surpresa para o Andre, meu amor. Na verdade, era algo para decorar a casa de alguma forma. Andre ama essa foto e a colocou como abertura do seu smartphone faz tempo.


Mas, a surpresa incluíria um desafio. O desafio seria o seguinte: Meu filho Isaac, que é conhecido como Ezac.pixels no Instagram, teria que transformar aquela foto em pixel art. A tarefa não seria nada fácil, como vocês poderão ver no nosso bate-papo no vídeo abaixo. Eu disse logo de início que se tratava de uma encomenda, como outras que ele já havia aceito por parte de outras pessoas e até empresas. Pedi que ele fizesse o preço e acrescentei mais uma grana por minha conta mesmo. Negócio fechado, ele começou a trabalhar na arte. Nem preciso dizer que vale muito mais do que custa.


A arte ficou linda! Deixou de ser apenas uma foto querida de nossa viagem a Gramado (RS), em julho de 2018, para se tornar uma obra de arte com as digitais do meu filho em forma de pixels cuidadosamente combinados. O resultado ficou fantástico, especialmente quando visto ao vivo, isto é, sem a interface de um computador ou celular.


Sigam Ezac.pixels no Instagram. Quem desejar encomendar algum trabalho pode falar com ele por lá também.


Não deixe de assistir o vídeo do nosso bate-papo.


Comentários

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Zeus e Ganimedes: A paixão entre um deus e um príncipe de Tróia

Humorista 'Picolina' é encontrada morta dentro de casa em Fortaleza