Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Postagem em destaque

Paulo Gustavo se foi - meu luto e minha luta

Imagem
 Por Sergio Viula Paulo Gustavo se foi. Que dor para todos os que o amam, especialmente para seu marido, sua mãe e demais familiares. Não há palavras que bastem para tanta tristeza. 🙁 Assista e inscreva-se. Minha filha acaba de me contar uma história que eu nem sabia que ela tinha vivido: "Vi a notícia do Paulo Gustavo. Aquilo me apertou tanto o peito. Eu só pensava em vc. Uma vez, vi o Paulo Gustavo no shopping e falei pra ele: 'Tu é a cara do meu pai.' Ele riu muito e falou: 'Uma garota desse tamanho dizer que eu pareço o pai dela... Toma vergonha, tá me chamando de velho assim na cara? Kkk.' Eu ri tanto tanto. Muito triste mesmo. Cara tão gente boa.' #paulogustavo 😥 Claro que a gente não é tão parecido fisicamente assim, mas muitas vezes, quando eu brinco, algumas coisas soam mesmo parecidas com algumas tiradas desse querido e saudoso "parente de todos nós".

Marcelo Sievers, um apaixonado por livros comenta

Imagem
Só pelo Amazon:  www.amazon.com.br/homem-que-amava-mendigos-romance-ebook/dp/B00RURKA06/ Opinião de Marcelo Sievers - via Facebook https://www.facebook.com/marcelo.sievers.7 Luxo no lixo também é cultura [Sobre "O homem que amava mendigos"] Joãozinho Trinta estava certo. Pobre gosta de luxo, e quem gosta de pobreza é intelectual. O livro de Sergio Viula é um conto de fadas, seja pelo amor improvável (para não dizer impossível) que ele nos conta, com seus momentos de reviravolta, para apimentar mais a leitura. O tema não é dos mais simples, e, aos olhos do leitor mediano, o que levaria um homem rico, estudado, bom vivant, ter interesse por mendigos? Contudo, o livro é muito feliz ao desmascarar as verdadeiras misérias humanas, que são aquelas nos colocam como marionetes de luxo, dotadas de neurônios. Afinal “a caridade pode ser a máscara mais cruel de uma sociedade hipócrita e cheia de aproveitadores. Administrar a miséria dá lucro”. Finalmente, encerro essa res

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Corpus Christi: Vestra frui corporum (Aproveitai vossos corpos)

Entrevista: Conheça Cris Lacerda e sua história de superação