Postagem em destaque

LGBT no BBB 2022

Imagem
 Por Sergio Viula Você pode amar, odiar ou ser indiferente ao Big Brother Brasil (BBB), mas o que ninguém consegue é ficar totalmente alienado das tretas que explodem mais cedo ou mais tarde na casa mais vigiada do Brasil.  No ano passado, comemoramos a presença de muitos participantes negros no BBB. Porém, logo ficou nítido que a quantidade perdia a importância diante da qualidade dos comportamentos e das falas de alguns dos participantes. Karol Conka, Nego Di, Projota  e Lumena fizeram brasileiros de todas as cores se revoltarem em suas poltronas por causa de várias posturas reprováveis, especialmente pelo modo como agiram com outro negro - o jovem Lucas Penteado. O massacre psicológico feito contra o rapaz foi tão truculento que culminou em sua saída "voluntária" do programa.  Curiosamente, a gota d'água para Lucas foi a incompreensão de alguns dos participantes a respeito do beijo que ele e Gil - outro homem negro - trocaram durante uma festa na casa. As pessoas que m

Famosas, ricas e apaixonadas

ELLEN DEGENERES – PORTIA DE ROSSI 


Apresentadora de um dos programas mais famosos dos Estados Unidos, a comediante, escritora e ativista LGBT Ellen Lee DeGeneres se casou com a atriz Portia de Rossi em agosto de 2008. Portia e Ellen namoravam desde 2004, mas foi somente quando a California retirou a lei estadual contra o casamento homoafetivo que elas noivaram. DeGeneres se assumiu como lésbica em 1997, despertando um interesse quase obsessivo nos tablóides, o que logo impulsionou sua carreira. A apresentadora escreveu quatro livros. Em Love, Ellen, ela explica como a cobertura da mídia sobre sua orientação sexual desencadeou sua depressão. Enquanto isso, Portia DeGeneres não apareceu em qualquer show ou filme de TV recente. Suas mais notáveis aparições em programas de TV foram em Scandal and Santa Clarita Diet. O casal fará 12 anos de relacionamento em agosto.




RACHEL MADDOW – SUSAN MIKULA 


Elas começaram a namorar em 1999. E, depois de todos esses anos, Susan Mikula e Rachel Maddow continuam apaixonadas. Rachel é conhecida em todo o território americano como uma âncora de jornal liberal e escritora Ela foi a primeira lésbica assumida a apresentar um jornal na TV. Ela apresenta The Rachel Maddow Show na MSNBC e tem dois livros publicados. O último foi em 2019 e tem o gigantesco título de Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth (Tradução livre: Ruptura: Democracia Corrompida, Estado Vampiro da Rússia e a Indústria Mais Rica e Destrutiva da Terra) . Raquel e Susan estão juntas há mais de 20 anos. Susan é uma fotógrafa bem-sucedida e uma artista com trabalhos exibidos por todo o país (EUA). Elas moram juntas num apartamento em Manhattan.




JANE HILL – SARA SHEPHERD 


Âncora da BBC, Jane Hill saiu do armário como lésbica em 2009. Logo depois, em 2011, Jane usou sua conta no Twitter para anunciar que celebraria um contrato de união estável com sua namorada Sara Shepherd. Sara trabalha como operadora de câmera de TV.

O casal agora reside em North London. Jane lutou bravamente contra um câncer de mama, tendo passado por uma masteoctomia em 2018. Em meados de 2019, ela revelou sua batalha contra a doença no programa Lorraine da ITV. Jane também revelou que decidiu não fazer uma cirurgia de reconstrução porque isso implicaria em ter que passar por múltiplos procedimentos cirúrgicos.


Chega de armários!

O que há de comum entre todos esses casais é que essas seis mulheres viveram dentro do armário por bastante tempo. Para assumirem o controle total de suas vidas, elas tiveram que superar o preconceito presente em seus próprios círculos familiares e profissionais. Felizmente, essas seis guerreiras deram passos concretos para fora do armário e agora podem viver de bem consigo mesmas e vivenciar sua afetividade e sexualidade mais plena e autenticamente. 

Quem adora armário é traça, babe. Para qualquer LGBT, a vida acontece de fato fora do armário. Antes disso, tudo é ensaio. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈