Postagem em destaque

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEXODIVERSIDADE

Imagem
TESTEMUNHAS DE JEOVÁ E SEXODIVERSIDADE Por Sergio Viula Fundada por Charles Taze Russell em XXXXX, a religião conhecida como Testemunhas de Jeová é uma das mais totalitárias do mundo. Confundida por muitos com as igrejas evangélicas, a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, ligada ao Corpo Governante contava com mais de oito milhões e duzentos mil membros. No Brasil, são pouco mais que 700 mil seguidores e 11.562 Salões do Reino das Testemunhas de Jeová (seus templos) no mundo todo. Esses números são de 2014, ultima contagem publicada até o momento desse artigo. Entre suas crenças mais conhecidas e repudiadas estão a de não doar e nem receber sangue sob hipótese alguma e a de não participar da vida cívica do país em que estejam inseridas. Porem, muitas outras crenças são estranhas à maioria das comunidades ditas cristãs. As Testemunhas de Jeová não se consideram ‘evangélicas’ quando termo é aplicado a igrejas protestantes mais recentes e pentecostais, mas gostam de se denomina

A TV BAR fechou e o Rio ficou mais cinza

 Por Sergio Viula


A TV Bar costumava ter uns painéis divertidos onde as pessoas podiam tirar fotos. 
Essa aqui nós tiramos em 2016.



Foi com muita tristeza que recebemos a notícia de que a querida TV Bar, localizada em Copacabana, Rio de Janeiro, encerrou suas atividades nesse angustiante ano de 2020. 

A pandemia já teria feito estrago demais matando pessoas, mas ela foi além: Matou sonhos, silenciou lugares onde a alegria e o companheirismo se abraçavam.

A TV Bar foi, sem dúvida, um desses lugares. 

Dentre as preciosas lembranças que tenho desse lugar acolhedor, encontram-se várias com meu amado Andre. Nosso primeiro final de semana juntos no Rio incluiu uma noite inteira saboreando o som e os drinks servidos ali. A decoração, um misto de vintage com modernidade, o espaço aconchegante, a música maravilhosa e com clipes projetados nos monitores ao redor do extenso balcão do bar, que sempre servia bebida e simpatia no mesmo drink pelos vários e atenciosos bartenders - tudo conspirava para amarmos cada minuto passado ali dentro. 

Destaque aqui para os banheiros que desconheciam gênero. Homens e mulheres podiam utilizá-los sem qualquer preoconceito e sem qualquer importunação por quem quer que fosse - funcionários ou frequentadores.

Nossa primeira vez juntos na TV Bar foi acompanhada de uma ida ao Arpoador (tem uma foto no vídeo abaixo) para ver o nascer do sol, seguido de um café da manhã na Starbucks de Ipanema, bem na esquina com a Farme de Amoedo. 

Naquela noite, econtramos também o querido Jean Wyllys. Apresentei o Andre a ele, que muito simpático disse: "Cuide bem dessa jóia que você tem nas mãos agora." Jean se referia a mim - o que me deixou surpreso e lisonjeado ao mesmo tempo. Faz tempo que nutro admiração muito especial pelo querido Jean e sinto o mesmo vindo dele. Andre ficou admirado com a gentileza e o carinho daquele 'profeta do humanismo e da diversidade'. Logo em seguida, eu comentei que eu também tinha encontrado uma jóia. ^^ E, acreditem, nesses quase cinco anos de relacionamento agora, temos cada vez mais certeza disso um sobre o outro.

Foram muitos momentos especiais na TV. A bus party da Smirnoff foi um dos highlights, mas não foi o único. Confira as fotos aqui: Smirnoff Bus Party - TV Bar.


Despedimo-nos da TV Bar com gratidão e muita tristeza por sabermos que não poderemos mais curtir a alegria e tranquilidade daquele espaço.




Não podia deixar de colocar aqui as palavras dos próprios administradores da TV Bar, publicadas ontem, dia 16/09/2020 no Facebook e em outras redes sociais:


Foram 10 anos de sobrevivência, resistência, acolhimento e muito trabalho para poder inovar e renovar a noite Carioca. Quebramos paradigmas, fomos caretas, fomos ousados.

Erramos e acertamos muitas vezes. Sempre com extravagancia e tesão no que se apresentou para o público. Foram 10 anos de pinta, close e álcool, muito álcool. Nosso trabalho sempre teve amor na veia.

Com a pandemia, fomos paralisados. E como que um susto, tudo parou. Umas das áreas mais afetadas foi a do entretenimento.

Então, comunicamos oficialmente, que nossa pinta, encerra por aqui. Pois, entendemos que nossa atividade, só vai ser bom se AGLOMERAR.

Paramos porque nossa atividade, ainda não está autorizada OFICIALMENTE a funcionar, somado a um desgoverno, sem apoio para pequenas empresas, e assim como muitos, fomos obrigados a fechar nossas portas.

Agradecemos de coração todo carinho que recebemos nesses 10 anos de atividade, apoio dos nossos clientes e amigos, toda galera que fez nosso som, nossa equipe maravilhosa, nossos gerentes que em 90% do tempo eram nossos braços, olhos e pernas.

Somos gratos por ter vivido 10 anos intensamente. Obrigado a todos que fizeram parte dessa família TV BAR, mas a partir de hoje, seremos o TV BAR que marcou 10 anos na historia da noite LGBTQI+ da cidade ainda maravilhosa que é o nosso Rio de Janeiro.

Grato pelo apoio de todos.
Ficamos por aqui. Um beijo

( 2009 - 2020 )
Greg - Felipe - Ronaldo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈