Postagem em destaque

Tom Daley: Gay e ouro olímpico - por que isso importa?

Imagem
Tom Daley - campeão olímpico irradiando gay pride   Por Sergio Viula Por que o discurso de Tom Daley colocando-se como homem gay no pódio importa e faz diferença? Aproveitando para responder uma pergunta idiota feita num comentário de uma amiga que compartilhou uma postagem sobre o discurso do Daley. Assista.

Andre e Sergio: Toda pedra será retirada - uma crônica da vida real

Por Sergio Viula

Andre, já medicado 
e aguardando a cirurgia.



Hoje foi barra pesada, mas com amor, cuidado e até mesmo uma pitada de bom humor, tiramos tudo de letra.

Andre vinha enfrentando e administrando uma crise renal desde às 4 horas da manhã de terca-feira, quando fizemos nossa primeira visita ao hospital.

Lá, ele foi medicado e enviado para casa com a devida receita médica. Não resolveu. Acabamos voltando para o hospital pela manhã, na terça-feira mesmo porque ele se dobrava de dor.

De volta ao hospital, ele foi medicado de novo e fez exame de urina. Parecia que havia uma pequena infecção. Remédios prescritos, voltamos para casa.

Nessa quarta-feira,  apesar de não se sentir plenamente bem, ele decidiu ir trabalhar. 

Não demorou para que Andre se rendesse. Antes mesmo do almoço, ele me ligou para avisar que estava a caminho da Casa de Saúde Pinheiro Machado (CSPM). Peguei um Uber imediatamente e fui direto para lá.

Na CSPM, nas Laranjeiras, passei o dia inteiro acompanhando o atendimento, pensando que o levaria para casa e ainda poderia cumprir parte do meu expediente. Ledo engano. Fomos avisados que ele precisaria ser operado.

Ajudei com a burocracia pré-operatória: autorizações, assinaturas, etc. - tudo acertado, era só aguardar.

Hoje, por volta da 21h, Andre passou pela cirurgia que retirou uma pedra sapeca que havia se deslocado do rim para a bexiga, mas que se recusava a colocar a cara no sol de uma vez por todas.

Agora, ele está bem e dormindo. Só terá alta amanhã, à noite. Mas, enfrentará sete dias de convalescença em casa com criteriosa atenção, conforme instruções do cirurgião.

Aproveito esse post para elogiar toda a equipe da CSPM, desde o maqueiro até o cirurgião, passando pelas enfermeiras, pela instrumentadora e pelo anestesista, sem esquecer do pessoal da recepção e do departamento que cuida da papelada. Todos estão de parabéns pelo atendimento humanizado e super competente.

Amanhã, estaremos de volta ao ninho, mas ainda vamos passar um total de 22h depois da cirurgia por aqui, fora o tempo que a antecedeu.

Lembram daqueles votos "Juro amar-te e ser-te fiel na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza ou na pobreza"? Então, é nessas horas que eles são testados. E não é nosso primeiro teste, não, mas temos passado por todos eles com nota 10. Sempre como um casal que se ama assumidamente, seja perante nossos familiares, colegas de trabalho ou prestadores de serviço. Muitas vezes, o nosso próprio nível de orgulho influenciará o nível de respeito que os outros serão compelidos a nos dedicar.

Amar fora do armário è uma das melhores coisas da vida. Experimente.


👬❤️🏠


Comentários

  1. Queridos, Tia tá aqui torcendo pra dar tudo certo. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Enilson. Valeu mesmo pelo carinho. Beijo para vc e seu amor.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe suas impressões sobre este post aqui. Fique à vontade para dizer o que pensar. Todos os comentários serão lidos, respondidos e publicados, exceto quando estimularem preconceito ou fizerem pouco caso do sofrimento humano.

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈