Postagem em destaque

Mãe de Paulo Gustavo faz 74 anos e fala com Ana Maria Braga

Imagem
17 de setembro de 2021 Por Sergio Viula Interrompendo aqui a nossa série sobre religião e diversidade sexual, gostaria de incentivar você a assistir essa entrevista maravilhosa feita por Ana Maria Braga com Dona Déa Lúcia, a mãe do querido Paulo Gustavo, falecido há quatro meses. Hoje, é aniversário dela - 74 anos - e Dona Déa deu um show de amor e de sabedoria durante toda a entrevista. Você vai se emocionar, aprender, crescer e se tornar melhor como ser humano se aplicar o que ela falou aqui sobre uma das coisas mais importantes para o indivíduo - a família, especialmente quando se trata de filho ou filha LGBT+. Não deixe de ver. É logo no começo do programa. Depois que a Ana Maria faz a abertura com suas mensagens típicas de encorajamento, ela já passa para a abertura da entrevista com cenas de Paulo Gustavo trabalhando como Dona Hermínia. Imperdível! Assista aqui:  https://globoplay.globo.com/v/9867337/programa/?s=0s Parabéns pelo seu aniversário e pela mulher fantástica que você é

Segundo dia dos pais com pandemia

Dia dos pais na pandemia: Um misto de tristeza e alegria



 Por Sergio Viula


A pandemia da Covid-19 estourou no Brasil no início de 2020. Isso singifica que esse ano, estamos comemorando o dia dos pais pela segunda vez em meio a esse pandemômio. Nesse meio tempo, muitos pais morreram e muitos filhos, idem. 

Esse 08 de agosto não será o melhor dia dos pais para muita gente, como você já deve saber. Porém, o que muita gente não sabe é que a Covid-19 matou mais homens do que mulheres - o que significa que existem menos pais vivos hoje. Portanto, que filho vai comemorar esse dia do mesmo jeito tendo enterrado seu pai? Que pai vai comemorar esse dia do mesmo jeito tendo enterrado seu filho ou sua filha? E no caso das famílias homoparentais como a do Paulo Gustavo, o dia será um misto de tristeza e alegria - tristeza pelo pai que morreu e alegria pelo pai que continua vivo e amando aqueles dois pimpolhos.

De acordo com uma reportagem publicada pelo site UOL com "informações coletadas até 2 de novembro pela plataforma Global Health 50/50, um banco de dados internacional voltado à igualdade de gênero na saúde, mostram que 57,2% dos 36.805 que morreram pela covid-19 na Itália eram do sexo masculino. No Equador, eles eram 66,4% dos 12.181 óbitos. No México, 64% dos 89.171 mortos."

O relatório continua e mostra países onde o índice de mortos entre homens foi mais que o dobro: 

"E há países onde mais que o dobro de homens morreu em consequência da doença. É o caso do Peru, onde 69,4% dos 34.187 que morreram eram homens."

Portanto, se você ainda tem seu pai, garanta que ele seja vacinado contra a Covid-19 e que ele continue usando máscara quando tiver contato com outras pessoas. Faça o mesmo. 

Se seu pai foi amoroso e participou de sua vida e criação, retribua esse amor e esse cuidado. Caso contrário, sinta-se livre para seguir com sua vida junto daqueles que o/a amaram e cuidaram de você sem olhar para trás. 

Quanto a mim, alegro-me pelos dois filhos que tenho - Larissa e Isaac (em ordem cronológica), e agora ainda tenho um motivo a mais para me alegrar - serei avô de Clara em outubro. Portanto, esse ainda não será o primeiro dia dos pais para o Vitor, assim como esse ano não foi o primeiro dia das mães para a Larissa, mas ano que vem, cada um a seu tempo, poderá experimentar a alegria de receber um "feliz dia dos pais" e um "feliz dia das mães" com tudo o que eles têm direito. ^^


Leia:
Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈



Aos pais que sempre amaram seus filhos biológicos ou adotivos, especialmente aos pais de filhos LGBT+ que se orgulham deles em todos os sentidos, parabéns! Aos pais gays, bissexuais, transgenêros, assexuais, queer, etc. que amaram e amam seus filhos biológicos ou adotivos, parabéns ainda mais purpurinados. A paternidade de vocês é um ato de amor revolucionário!


Leia:

Não aprenda a ser pai com a Bíblia. Veja por quê.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A homossexualidade no Egito antigo

Eduardo Peret: Homenagem a um amigo que bateu asas e deixou saudades

Bebê a bordo: Diário de um avô colorido 👴🏳️‍🌈